TEXTO DA FAIXA ESTATICA 1

TEXTO DA FAIXA ESTATICA 2

TEXTO DA FAIXA ESTATICA 1

COBOGÓ NA FEIRA DA USP -50% EM TÍTULOS SELECIONADOS

ROTATIVA

Rotativa

TEXTO DA FAIXA ESTATICA mobile

TEXTO DA FAIXA ESTATICA mobile

ESTATICA mobile1

ESTATICA mobile 2

ROTATIVA MOBILE 0

ROTATIVA MOBILE 2

ROTATIVA MOBILE 1

ROTATIVA MOBILE 4

ROTATIVA MOBILE 5

Sacola

Nenhum produto encontrado.

Pedro Bial

Pedro Bial nasceu em 29 de março de 1958. Formou-se em Comunicação Social pela Pontifícia Universidade Católica do Rio de Janeiro (PUC-Rio), em 1980. No ano seguinte, entrou para a TV Globo. Trabalhou como editor e depois como repórter nos principais programas jornalísticos da empresa. Foi correspondente da Globo em Londres por oito anos, onde fez reportagens históricas, como a sobre a derrubada do muro de Berlim, em 1989. Cobriu diversas Olimpíadas e Copas do Mundo, e foi apresentador do Fantástico de 1996 a 2007.

Na Globonews, apresentou o programa Espaço Aberto Literatura, quando entrevistou escritores e poetas como Adélia Prado, Ariano Suassuna, Jorge Amado, Mário Vargas Llosa, Nélida Piñon e Zélia Gattai. De 2002 a 2016, comandou o Big Brother Brasil. Criou seu próprio programa, Na Moral, exibido de 2012 a 2014. Bial é autor de cinco livros. Foi também roteirista e diretor do documentário Os Nomes do Rosa, de 1997, e do longa-metragem Outras Estórias, de 1998, adaptação de contos de Guimarães Rosa, além de ter escrito e dirigido o documentário O filho do Holocausto, sobre o músico Jorge Mautner. Desde maio de 2017, apresenta o Conversa com Bial.

pedro-bial

Quer receber novidades e

promoções da Cobogó?

Configure seu perfil e cadastre-se em nossa newsletter!

Nome:

Email:

Estado:

Cidade:

Data de nascimento:

/ /

Áreas de Interesse:

Editora Cobogó usa cookies para personalizar a comunicação e melhorar a sua experiência no site. Ao continuar navegando, você concorda com a nossa Política de Privacidade.